crônica

TOMANDO COINTREAU NUM COPO AMERICANO

14 de março de 2017

 

Estou tomando um Cointreau num copo americano… Aceito copos de licor de presente de casamento… mas eu já casei faz tempo e ninguém me deu… aí vez em quando eu me lembro que eu não tenho, quando me dá vontade de tomar um vinho do porto, um licor. De amargo basta um Cointreau num copo americano…

Quarta-feira chega o caminhão da Granero. Sim, essa semana eu me mudo. Vou sobreviver essa semana sem álcool? Devia ter tomado um Frontal ontem a noite, quando eu fritei na cama pensando em todos os detalhes… Preciso consertar a torradeira, Michel Temer. Preciso pedir pro moço que instalou o aquecedor me ensinar como é que liga e desliga em dias de viagem.

Preciso comprar uns rodos, de novo. E sacos de lixo preto.

De fato, a importância do meu gênero para com a chegada da Granero é fundamental. Pedi pro meu marido “só separar seus objetos pessoais e documentos”, não deu nem tempo do coitado fazer isso (ele estava programando pro mesmo dia da chegada da Granero, eu já separei e encaixotei tudo, mulheres no comando!)

Mas é quem é sabe o preço do saco de lixo?

Aqui em casa é meu boizinho que vai no supermercado, eu só cuido de todos os outros detalhes e frito, tomando Cointreau num copo americano.

0
Vanessa Agricola

Autor

Vanessa Agricola Moo

Seu e-mail não será publicado.