crônica

LEMBRANÇAS (iniciais)

21 de agosto de 2017

Segundo dia na escola, 3 anos. O menino mordeu minhas costas de novo. Fuga na camionete vermelha. – Mamãe, me espera! Nunca mais voltei pra escola.

Passava a tarde brincando de fazer bolo. Leite misturado com farinha. Ou revistinha de colorir e pintar do Lampião e Maria Bonita. Com a caixa de giz de cera dos astronautas.

– Tem um sapo dentro da piscina! O macaco jogou uma banana na minha cabeça. Tinha de tudo naquele sítio em Atibaia. – A Kika morreu, a Kika morreu! Minha mãe chorando desesperada por causa da Kika.

A mamadeira era de leite com Nescau quente. Tinha uma casa de marimbondo na minha janela. O shampoo era verde (Turma da Mônica). A toalha com capuz (não lembro do que era).

Do lado da porta tinha um cavalo de pau. O cavalo de pau tinha crina. Cheiro de Higiapele para limpar minha orelha. Teve uma conversa na varanda. – Vamos fazer a mala? G. Aronson era a marca da geladeira.

Livro preferido: Joãozinho e Maria. Personagem: Cuca. A vassoura piaçava que eu achava que era dela. O programa do Daniel Azulai, você via? A zebrinha do Fantástico, coluna um. O homem de duas cabeças no Isto é Incrível. Eu tinha medo.

Medo do Cid Moreira. Medo de debaixo da cama. Medo do escuro. Medo da musiquinha do Fantástico. Cha cu chi cha cu chi cha cu chi cha. A cadeira de balanço da vó Alzira. A poltrona era do meu vô. Aos sábados tinha Chacrinha. Telefone de disco. Bibelô. Meus primos. Pique-alto, pique-esconde, galinheiro. Tio Carlos tinha nenhum dentinho.

Tio Geraldo: – Vou te fazer um pastel de dobradinha! Minha tia Liara, ria. No Rock in Rio quando meu pai colocou uma camiseta preta. O Aniversário de 5 anos foi na casa da praia. Fuscão preto você é feito de aço. Chevette era o carro mais bonito. Que praia era? Paraty? Mambucaba ou Pereira Barreto. O uniforme de camisa xadrez bordado. A Ádila disse que meu nome era feio.

Esperando chegar o envelope cinza das revistinhas pelo correio. Chico Bento. Rolo. Meu sonho era ser a Tita, usar óculos. O primeiro amor usava. Um japonês da primeira série, Fernando Kay. Carregava uma foto 3 x 4 do Fernando Kay com um trevo de quatro folhas na minha carteira. Pra dar sorte. Fim de semana. Lionel Richie. Fora de ordem.

Fralda de pano fedida. Selva de Pedra e Roque Santeiro. Cristiane Torloni. Nuno Leal Maia. Meu irmão queimou meu cabelo com uma vela. O cheiro do cabelo queimado. Andreia, primeira melhor amiga. Se mudou para Jacareí. Saudade. Gripe forte. Despedida.

Meia-calça branca com bota da Xuxa. Mochila da Company vermelha. A roupa da Viúva Porcina. Pousada das Canoas. Piscina com cachoeira. New Wave com purpurina. New Wave verde. New Wave Rosa. O carnaval no Clube Náutico. Olha a cabeleira do Zezé. Fantasia de Carmem Miranda. Aula de natação, piano, jazz, balé.

Meu primeiro cachorro chamava Nick. Shampoo Tratto. Ração Frolic. Passava as férias em Campos do Jordão apaixonada pelo Henry. O cavalo saiu galopando eu quase morri. Fui patinar no gelo com calça de moletom e me molhei.

Comida preferida: Bife, chocolate Surpresa e Coca-cola. Presente preferido da vida: uma Mobilete Caloi verde que não era minha. Aquele estojo com régua e termômetro do Paraguai. Sempre Livre Teen. Vivia doente. Biotônico Fontoura. Própolis. Cachumba, catapora, mononucleose.

O Leo me mandou um correio elegante. Amava ir ao circo ver o Globo da Morte. A mesada era uma nota de 1000 cruzados. O filme: Os Goonies. O primeiro beijo foi no Leandro. Depois veio o misto quente, o Gudang Garan e o Maksoud Plaza. Mas eu ainda tinha a coleção de papel de cartas. Ainda tenho. Legião Urbana. Tio Édio. Aquela música do Lobão: Me abraça, me abraça, me abraça por tudo o que for.

0
Vanessa Agricola

Autor

Vanessa Agricola Moo

Comentários (1)

  • março 22, 2016 by Pri Albuquerque

    Pri Albuquerque

    Gudang Garan, Melllldeus! Lembrei de qdo a gente fumava Gudan, aquele status! Lembrei de Mbc, dos papos de até qdo seríamos virgens kkkkk e o arroz aderente , resultado de um porre sabe-se lá de que! Ai que saudade disso!

Seu e-mail não será publicado.