Sem categoria

FILOSOBUFANDO ONTEM

10 de junho de 2017

Ontem aconteceu uma coisa, preciso adiantar nosso encontro de terça porque a Polícia entrou na minha casa.

Em primeiro lugar, ao ficar em pé de frente para a varanda, estávamos na sala brincando de massinha, eu vi um homem com uma lanterna apontando pra a minha cara: AAAHHH!

– Calma, é a Polícia! Eu olho para o lado tem mais uns seis caras. – Aqui é tudo polícia! E todos me acenam com a cabeça, segurando uma arma apontada para a minha casa (estou no andar de cima). – Que foi mamãe? – Nada filho, vão lá no quarto buscar a massinha azul, vão.

O policial vê o homem da casa. – Você pode descer, por favor? Vem só o senhor.

O homem da casa desceu as escadas, em questão de segundos voltou. Os guardas pediram para ele abrir o portão pois haviam pulado o muro. E o que mais ele disse? – Houve uma denúncia de invasão mas não tem ninguém aqui.

Segundo: A Polícia não pode pular o muro da sua casa sem um mandato.

E se houvesse algum ladrão, o que fariam? Um tiroteio? O que a Polícia está pensando? Que podemos ter um tiroteio na frente dos nossos filhos?

“Essa fita não é nenhum escândalo, essa fita é o Brasil!”

Meu filósofo no telefone bufando.

“Eles fazem isso nas favelas também! E vão matando inocentes, é óbvio!”.

“Mas é um despreparo… é tudo muito mal feito, Vanessa!”.

“A gente vive num país onde só o Joesley tem segurança! Tem que ter vinte paus por mês, guarda 24horas, é assim que a gente vive!”

“Um assaltante ele não entra na sua casa pra te matar, ele entra pra roubar, o número de assassinatos em assaltos no Brasil é de um pra mil! Mas se a Polícia entra na sua casa?? Ou vai ter troca de tiros ou o cara vai te render!”

Dá pra contar com a Polícia? Dá pra contar com STF? Dá pra contar com Michel Temer?

 

 

 

 

 

0

Autor

Seu e-mail não será publicado.