crônica

CENAS DE UMA HISTÓRIA

26 de outubro de 2015


Soube outro dia que está rolando um suicídio em massa dos Guarani. Os primeiros brasileiros vão sumir! Daqui vinte, trinta anos, talvez nenhum índio mais sobreviva. E eu aqui comovida com a extinção dos tigres, puxa vida.

CORTA

Sabe aqueles planos de viagem, Índia, Rússia, Japão? Acrescentei uma tribo amazônica na minha lista. Quero ter uma foto abraçada a um índio do lado, como o Leonardo di Caprio, pelado. Vamos pintar a pele com urucum, dormir na rede, tomar um Ayahuasca junto com o cacique. Tin-tin. Acho chic.

CORTA

Aquele portuga que casou com a Paraguaçu, como ele chamava? Caramuru! Esse cara deve ter sido muito legal. “Eu vou é me casar com a índia”. Não é animal? Pensa que Caramuru casou com a Paraguaçu e por aqui ficou. E fez acontecer Salvador. Pensa na Bahia. Aquele gente, aquela alegria. Aquela pulseirinha do Bonfim… E assim, Caramuru foi um herói brasileiro. Quiça o único.

CORTA

Se não fosse aquele outro tipo de portuga, negociando navio negreiro, o que seria de nós, brasileiro? A gente sem feijoada na quarta, sem carnaval. Sem bunda. Sem mulata. E o Brasil sem o Pelé, imagina? Parece mesmo que tudo tem um propósito e que ele é sempre positivo. Mesmo a escravidão. Sei lá. Só mais uma coisa: Yemanjá.

CORTA

Orgulho de ser brasileiro não dá pra negar. Quando você viaja e alguém te pergunta de onde você é, e aí você responde BRASIL, com letras maiúsculas, ou não é?

CORTA

Eu não conheço o mundo todo mas tenho um amigo que conhece. Ele já foi pra todo lugar do mundo que é bonito, Indonésia, Patagonia, Taiti, nem sei. Mas ele que sabe já me disse: O lugar mais bonito do mundo é Búzios. Relaxei.

CORTA

Era uma vez em Búzios, um dia ensolarado, a vista era uma praia deslumbrante, cuja novidade era a seguinte: Está vendo aquela pedra ali no canto direito? Vão construir um hotel em cima daquela pedra. Mas já tem outro hotel em cima da outra pedra no canto esquerdo, um novo hotel do lado direito vai cagar a praia! É, vai ficar igual um condomínio americano, com uma piscina no meio, como é que chama aquilo? Feio.

CORTA

Voltaram os dois para Tampa, na Flórida, e foram dar uma volta. Os dois embasbacados com o lugar. Mas isso aqui era um lago sujo, cheio de sapos dentro! Mas essa porra era um pântano! É realmente impressionate como o americano transformam merda em ouro e aqui no Brasil a gente faz o contrário.

0
Vanessa Agricola

Autor

Vanessa Agricola Moo

Seu e-mail não será publicado.